ISSN 2674-8053

Brasileiros em Portugal Após Reabertura das Fronteiras

Por Helena Francesconi e Maria Toffano

Portugal está recebendo um grande fluxo de brasileiros após a reabertura de suas fronteiras em setembro. O país se destaca no cenário internacional por sua alta taxa de vacinação, com 10,3 milhões de cidadãos vacinados, compondo a alta porcentagem de 86% totalmente vacinados. Conforme afirmou o almirante português Henrique Gouveia e Melo, que liderou a Task Force contra o vírus, praticamente todos que são elegíveis para a vacinação foram vacinados. Portugal soube superar muito bem sua crise de superlotamento de hospitais com contaminados pela Covid-19. Com o êxito na vacinação, o país vê uma queda no número de casos e mortes. Dessa forma, oferece segurança para diminuir suas restrições, possibilitando que recebam a entrada de turistas. Logo, devido à natural afinidade entre Brasil e Portugal, se notou uma intensa onda de brasileiros adentrando o país europeu.

Conforme o jornal The Washington Post, Portugal apresenta uma taxa de mortes de cerca de metade da média da União Europeia. No início do mês de outubro, praticamente todas as restrições impostas com o intuito de prevenir a propagação do vírus da Covid foram retiradas. O país europeu somente exige que seja apresentado um exame RT-PCR ou NAAT similar negativo feito com até 72 horas de antecedência ou teste rápido de antígeno feito no máximo 48 horas antes do embarque. Em relação ao comércio, se vê uma alta, com lojas, restaurantes e até mesmo boates reabrindo.

Segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, em torno de 120 mil brasileiros adentraram o território português desde que as fronteiras abriram. Esse fluxo vindo do Brasil é tão grande que já supera os números pré-pandemia, de Setembro de 2019. O maior motivo para os brasileiros visitarem Portugal está sendo o turismo, com motivos profissionais ocupando o segundo lugar. A razão da alta procura por turismo atualmente é a demanda, que ficou retraída por muito tempo durante o período mais intenso da pandemia. A Azul, companhia aérea brasileira, alegou que houve um grande aumento na busca por passagens para Portugal e que, ao serem comparados com o mês de agosto, os números de setembro quase dobraram. Para atender os desejos da população, a Azul passou a vender voos extras para Portugal a partir de outubro, com ligações adicionais entre os dois países.

Portanto, a reabertura também aqueceu o interesse dos brasileiros. Os que procuram um novo país para morar declaram que a baixa segurança, a falta de emprego em suas áreas e a insatisfação política, os levam nessa jornada para o país onde compartilham o idioma, o que proporciona uma facilidade no dia a dia. O Índice Global da Paz explicita que Portugal está entre os cinco países mais seguros do mundo, muito acima da posição do Brasil, que se encontra abaixo da centésima posição. O imigrante brasileiro em Portugal tem uma tendência a buscar realizar negócios, nascendo um novo perfil de expatriado. De acordo com a Associação Portuguesa de Franchising, nos últimos anos, um a cada três negócios abertos pertence a brasileiros. A especialista em imigração e CEO da “Vou Morar em Portugal”, Patricia Lemos, diz que a busca por estabilidade depois de emigrar está crescente para os brasileiros, que se voltam para os negócios.

Em setembro, a renovação da permissão de entrada de brasileiros foi feita a cada quinze dias. Neste mês, de outubro de 2021, o governo de Portugal permitiu que a abertura durasse até o dia 31, mostrando uma tendência para que siga dessa maneira. O diretor do Turismo de Portugal no Brasil, Bernardo Barreiros Cardoso, diz que há um panorama de alívios e não mais tanto das restrições. Todo esse conjunto de oportunidades que Portugal vem oferecendo é interessante para os brasileiros que buscam o país como uma opção de turismo ou de moradia.

REFERÊNCIAS

AMADO, Guilherme. Domínio brasileiro em Portugal na área de franchising. Metrópoles, 5 de out. de 2021. Disponível em: <https://www.metropoles.com/colunas/guilherme-amado/dominio-brasileiro-em-portugal-na-area-de-franchising>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

AMATO, Gian. Portugal renova por um mês a abertura para turistas brasileiros. O Globo, 1 de out. de 2021. Disponível em: <https://blogs.oglobo.globo.com/portugal-giro/post/portugal-renova-por-um-mes-abertura-para-turistas-brasileiros.html>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

AMATO, Gian. Reabertura e insatisfação no Brasil iniciam nova onda de imigração para Portugal. O Globo, 4 de out. De 2021. Disponível em: <https://blogs.oglobo.globo.com/portugal-giro/post/reabertura-e-insatisfacao-no-brasil-iniciam-nova-onda-de-imigracao-para-portugal.html>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

COTOVIO, Vasco. Portugal se torna líder europeu na vacinação contra a Covid-19. CNN Brasil, 4 de out. De 2021. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/portugal-se-torna-lider-europeu-na-vacinacao-contra-a-covid-19/>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

Em Portugal, onde 85% foram vacinados, restrições para evitar a Covid-19 acabam nesta sexta-feira. G1, 1 de out. de 2021. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/10/01/em-portugal-onde-85percent-ja-foram-imunizados-com-a-vacina-maioria-das-restricoes-para-evitar-a-transmissao-da-covid-19-acaba-nesta-sexta-feira.ghtml>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

ESTIGARRÍBIA, Juliana. Azul aumenta oferta e terá voos diários para Portugal a partir de dezembro. CNN Brasil, 20 de set. de 2021. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/business/azul-aumenta-oferta-e-tera-voos-diarios-para-portugal-a-partir-de-dezembro/>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

JANONE, Lucas. Desde a reabertura da fronteira, mais de 120 mil brasileiros viajaram a Portugal. CNN Brasil, 1 de out de 2021. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/desde-a-reabertura-da-fronteira-mais-de-120-mil-brasileiros-viajaram-a-portugal/>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

MINDER, Raphael; SANTORA, Marc. Em Portugal, praticamente não há ninguém para vacinar. New York Times, 1 de out. de 2021. Disponível em: <https://www.nytimes.com/2021/10/01/world/europe/portugal-vaccination-rate.html>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

MOLINA, Nathalia. Portugal: “A perspectiva é de aliviar e não de haver mais restrições”. Estadão, 8 de set. 2021. Disponível em: <https://viagem.estadao.com.br/blogs/viagem/portugal-a-perspectiva-e-de-aliviar-e-nao-de-haver-mais-restricoes/>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

Redução do desemprego em Portugal é sinal de “uma economia pujante”. Mundo Lusíada, 29 de set. de 2021. Disponível em: <https://www.mundolusiada.com.br/economia/reducao-do-desemprego-em-portugal-e-sinal-de-uma-economia-pujante/>. Acesso em: 6 de out. de 2021.

Portugal – Covid travel rules. Your Europe, 22 de setembro de 2021. Disponível em: <https://europa.eu/youreurope/citizens/travel/travel-and-covid/portugal/index_en.htm>. Acesso em: 12 de out. De 2021.

+ posts

O Núcleo de Estudos e Negócios Europeus (NENE) está ligado ao Centro Brasileiro de Estudos de Negócios Internacionais & Diplomacia Corporativa (CBENI) da ESPM-SP. Foi criado considerando a necessidade de estimular a comunidade acadêmica brasileira e latino-americana a compreender melhor suas relações com os europeus, buscando compreender e aprofundar a Parceria Estratégica Brasil – União Europeia.

Deixe uma resposta