ISSN 2674-8053

Crise Belarus e o preço da comida no Brasil

A Bielorrússia, também conhecida como Belarus, é um dos principais exportadores mundiais de Cloreto de Potássio, utilizado na fabricação de fertilizantes, porém, a crise política instaurada no país está dificultando a exportação deste produto, afetando, desta forma, os preços dos alimentos no Brasil. O país do leste europeu representa 20% da produção mundial de potássicos, sendo, para o Brasil a primeira fornecedora deste item.

Belarus é considerada a última ditadura da Europa, tendo como presidente Alexander Lukashenko, eleito em 1994. Em maio de 2021, um jornalista opositor foi preso, após o governo ordenar que o avião em que o jornalista se encontrava pousasse em Minsk, na capital do país. Com isso, países como Reino Unido, Canadá, EUA e entre outros, decidiram sancionar a economia do país, incluindo as exportações de derivados de petróleo e de Cloreto de Potássio.

Com a crise política e as sanções anunciadas, o preço da tonelada do Cloreto de Potássio sofreu um abalo, o que antes custava US$ 300, passou a custar US$ 700, o que acabou por se tornar um problema para aqueles que fazem uso de fertilizantes, como é o caso do Brasil, que representa, aproximadamente, 25% dos custos de produção. O preço dos fertilizantes teve um aumento de 40% a 80%, em 2021, o que não é o único problema, uma vez que já está em pauta uma possível escassez do produto. O Porto do Paraná ficou dois meses sem receber um navio com o produto. Mesmo com os estoques ainda em alta, o cenário previsto não é dos mais benéficos, dificultando os produtores brasileiros na exportação.

Como se trata de uma cadeia alimentar, esse cenário pode e vai prejudicar consumidores finais. Algumas commodities como soja e milho tem preço controlado pelo mercado, ou seja, os produtores acabam se prejudicando porque sua margem de lucro diminui e eles não conseguem controlar o preço do produto, além de estarem sujeitos a um aumento de preço no mercado.

Por volta de 50% dos fertilizantes utilizados no país são voltados para a soja, milho, cana e café. Mesmo assim, qualquer cultivo demanda adubação sendo em maior ou menor escala, ou seja, para plantar é preciso dessa adubação, então acaba se prejudicando de todas as maneiras, o impacto é sentido e imediato.

BREMBATTI, Katia. Como a crise em Belarus pode afetar o preço da comida no Brasil. Disponível em: < https://www.cnnbrasil.com.br/business/como-a-crise-na-belarus-pode-afetar-o-preco-da-comida-no-brasil/ >. Acesso em: 13 de outubro de 2021.

+ posts

O Núcleo de Estudos e Negócios Europeus (NENE) está ligado ao Centro Brasileiro de Estudos de Negócios Internacionais & Diplomacia Corporativa (CBENI) da ESPM-SP. Foi criado considerando a necessidade de estimular a comunidade acadêmica brasileira e latino-americana a compreender melhor suas relações com os europeus, buscando compreender e aprofundar a Parceria Estratégica Brasil – União Europeia.

Deixe uma resposta