ISSN 2674-8053

Europa

Exercícios militares no mar do Japão, dois pesos, duas medidas
Américas, Ásia, China, Estados Unidos, Europa, Japão, Rússia

Exercícios militares no mar do Japão, dois pesos, duas medidas

Formas militares da China e Rússia durante a cerimônia de abertura dos exercícios militares do mar do Japão. Foto: Xinhua No dia 14 de outubro (2021), China e Rússia realizaram exercícios navais no Mar do Japão. A ação faz parte de exercícios conjuntos que se estenderam pelos dias seguintes. Em que pese o exercício ter ocorrido em águas internacionais e ser algo recorrente desde 2012, é possível ver várias críticas por parte de políticos e da imprensa. Do lado nipo-estadunidense o que se vê é uma crítica em relação à ameaça que tais exercícios criam, já que é entendido como uma pressão militar e diplomática sobre o Japão, especialmente considerando a disputa pelo controle das ilhas Senkaku (nome japonês) ou Diaoyu (nome chinês). As ilhas são controladas pelo Japão desde a II Guerra ...
A nova aliança militar entre EUA, Reino Unido e Austrália
Américas, Ásia, Austrália, China, Estados Unidos, Europa, Oceania, Reino Unido

A nova aliança militar entre EUA, Reino Unido e Austrália

Primeiro Ministro Britânico Boris Johnson, Presidente dos EUA Joe Biden e Primeiro Ministro da Austrália Scott Morrison (Foto montagem) No dia 15 de setembro, um pronunciamento feito pelo presidente Joe Biden, com a participação virtual dos primeiros-ministros britânico, Boris Johnson, e australiano, Scott Morrison, causou protestos da China e indignação na França: EUA e Reino Unido acordavam em repassar para Austrália a tecnologia necessária para a produção local de submarinos de propulsão nuclear. Os protestos chineses são compreensíveis. Afinal, embora o nome da China não tenha sido citado em nenhum momento, é óbvio que a posse de submarinos nucleares pela Austrália tem a finalidade de conter a emergente potência asiática, detentora da maior Marinha do mundo em quantidade de meio...
Guerras cibernéticas: quem é o culpado?
Américas, Ásia, China, Estados Unidos, Europa, Rússia

Guerras cibernéticas: quem é o culpado?

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, declarou em 27/7/2021, durante uma visita ao diretor da Inteligência Nacional que “se acabarmos em uma guerra, uma verdadeira guerra de tiro com outra potência, será como consequência de uma violação cibernética”. Essa afirmação foi realizada após os Estados Unidos serem atacados ciberneticamente, que teve como uma de suas consequências a paralisação do oleoduto Colonial, o que resultou na interrupção de fornecimento de combustível em parte do país. Nesta ocasião a ameaça foi aberta, mas em outros momentos o governo Biden acusou diretamente dois países como os responsáveis por esse tipo de movimento: China e Rússia. Ainda que hoje os EUA sejam o país atacado, a verdade é que as ações cibernéticas são mais antigas e têm servido a diferentes ...
Impactos da pandemia na educação da Europa
Europa

Impactos da pandemia na educação da Europa

Em 11 de março de 2020 a Organização Mundial da Saúde decretou a Covid uma pandemia e desde então parte significativa das atividades de vários setores tiveram que ser reformuladas para atender aos novos critérios sanitário e, com a educação, não foi diferente, afetando diretamente um total de aproximadamente 897 milhões de alunos que frequentam escola, sem falar do ensino superior. Porém, o que chama atenção foi como um número considerável de países europeus lidou com os impasses, pois várias nações conseguiram voltar às aulas em poucos dias. Outrossim, durante a segunda onda de COVID-19 na Europa, muitos países optaram por manter restrições, cada um com sua especificidade, para a população, a fim de evitar o contágio da      população e fazer com que o sis...
Nacionalismo das vacinas e suas implicações para a globalização
Europa

Nacionalismo das vacinas e suas implicações para a globalização

É evidente que quanto mais cooperação e solidariedade houver entre nações, mais rápido acabará a pandemia do Covid-19, sendo necessária a colaboração entre os Estados, para que assim as vacinas sejam disponibilizadas de forma rápida e eficaz para o maior número possível de países. Com o mundo cada vez mais interconectado por conta da interdependência complexa, onde a ação de cada ator impacta todo o sistema internacional, o que ocorreu em detrimento do Sars-coV-2 só será relativamente controlado com a imunização de uma parcela significativa da população mundial, uma vez que o vírus e as pessoas que o portam circulam de um lugar para o outro, possibilitando o surgimento de novas variantes. Contudo, com o crescente sentimento de nacionalismo exacerbado entre as nações, se desempenha, em...
O impacto da pandemia de Covid-19 sobre as desigualdades de gênero na Europa
Europa

O impacto da pandemia de Covid-19 sobre as desigualdades de gênero na Europa

Sendo uma doença com um grande poder de contágio, a Covid-19 espalhou-se por todo o mundo, interrompendo o funcionamento de diversas atividades da sociedade. Em toda a Europa, até o presente momento, o número de mortes ultrapassou mais de 1 milhão, deixando consequências severas na região. Toda essa interrupção, oferece uma oportunidade para mudança, mas também gera o risco de reversões significativas em certos aspectos do progresso social. Nesse contexto, a crise da Covid-19 reforçou as desigualdades de gênero em todas as idades, etnias e grupos sociais. O que já era um problema antes, principalmente em relação às mulheres se acentuou, representando retrocessos à décadas de direitos duramente conquistados. Os impactos econômicos da pandemia são inquestionáveis, e acabam afetando c...
Impactos da COVID-19 no Comércio Europeu
Europa

Impactos da COVID-19 no Comércio Europeu

Desde o início de 2020, o mundo foi acometido por uma grave crise sanitária devido à aparição do novo coronavírus, e depois da sua proliferação na China, diversos países tiveram que adequar suas economias a fim de atender melhor às necessidades da população. Dentre os continentes economicamente mais afetados no início da pandemia, encontra-se a Europa, que atualmente conta com cerca de 1.243.000 mortes. Entre os países com maior destaque de casos, está a Itália, que no início da pandemia, viu-se obrigada a entrar em um duro e rigoroso processo de lockdown. Tal medida preventiva contou com toque de recolher, fechamento total do comércio e proibição da circulação de pessoas em determinados locais. Outros países como França e Espanha também tiveram um enorme destaque para os casos de ...
Impactos do COVID-19 no Turismo Europeu
Europa

Impactos do COVID-19 no Turismo Europeu

Em 2019, o setor de viagem e turismo europeu contribuiu com 2.191 bilhões de dólares do PIB da Europa, segundo o Statista. Contudo, em 2020, com a eclosão da pandemia da COVID-19, o setor foi um dos mais afetados pelas medidas restritivas para a contenção do vírus, representando 1.064 bilhões de dólares do PIB europeu. Após aproximadamente um ano e meio, apesar da vigência do coronavírus, a Europa tenta reabrir suas fronteiras e, consequentemente, estimular o setor com o início da vacinação.  Antes da crise de saúde, em 2019, o setor de viagem e turismo representava 10,4% do PIB mundial com crescimento consecutivo no PIB europeu desde 2012, o que também refletiu na criação de empregos na Europa. Há aproximadamente 20 anos, o continente vem sendo o principal destino de viagens ...
A OTAN e as mudanças no equilíbrio do poder mundial
Europa, Organizações Internacionais, OTAN, Rússia

A OTAN e as mudanças no equilíbrio do poder mundial

Foto: REUTERS/Ints Kalnins No último dia 14 de junho, os chefes de governo dos 30 países aliados que compõem a OTAN se reuniram em Bruxelas. A leitura da declaração(1) conjunta proporciona uma boa compreensão de como a mais poderosa aliança militar da história vê a atual conjuntura mundial, quais são as ameaças que eles identificam e quais caminhos eles irão traçar em assuntos de defesa, sempre mantendo em vista as três tarefas fundamentais da Aliança: prover segurança coletiva, gerenciar crises e fortalecer a cooperação em segurança. Os aliados identificam ameaças provenientes de todas as direções estratégicas, representadas pela competição sistêmica de potências “autoritárias e assertivas”; terrorismo; atores estatais e não-estatais que atuam para minar a ordem internacional, o es...
A economia europeia com a crise do novo coronavírus
Europa

A economia europeia com a crise do novo coronavírus

Durante a pandemia do novo coronavírus, que teve seu pico em 2020, a Europa, assim como as outras partes do mundo, sofreu diversos efeitos, entre eles consequências macroeconômicas que continuam repercutindo, mesmo com avanços no combate à Covid-19. De acordo com dados do EuroStat de 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) da União Europeia no ano caiu em 6,4% no total, e o da zona do euro em 6,8%. Esse colapso de 2020 supera a derrocada econômica causada pela crise de 2009, considerado o pior ano da crise financeira. Uma das razões que causaram essa queda brusca nos indicadores econômicos foi a restrição de isolamento social e os lockdowns impostos pelos governos europeus, como forma de conter a disseminação do vírus. Dessa forma, o impacto na economia da região trouxe efeitos negativos,...