ISSN 2674-8053 | Receba as atualizações dos artigos no Telegram: https://t.me/mapamundiorg

Oriente Médio

A tensão acumulada no cenário internacional atual: estamos à beira de uma terceira guerra mundial?
Américas, Ásia, China, Estados Unidos, Etiópia, Europa, Índia, Irã, Israel, ONU, Organizações Internacionais, Oriente Médio, República Centro-Africana, Rússia, Ucrânia

A tensão acumulada no cenário internacional atual: estamos à beira de uma terceira guerra mundial?

O cenário internacional contemporâneo está marcado por tensões crescentes que despertam preocupações sobre a possibilidade de um conflito global de grandes proporções, similar à Primeira e à Segunda Guerra Mundial. Para entender se estamos realmente à beira de uma terceira guerra mundial, é essencial traçar paralelos históricos e identificar padrões que possam indicar a repetição de ciclos destrutivos. Entre esses padrões, destacam-se o aumento da xenofobia e as tensões geopolíticas, que hoje se manifestam em diversas partes do mundo. Durante a Primeira Guerra Mundial, a Europa estava imersa em uma rede de alianças complexas e conflitos de interesses nacionais, que culminaram no assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando em 1914 e a subsequente declaração de guerra. De maneira ...
A nova fase das relações Brasil-Irã: um chanceler de proximidade diplomática
Américas, Brasil, Irã, Oriente Médio

A nova fase das relações Brasil-Irã: um chanceler de proximidade diplomática

A recente nomeação do novo chanceler do Irã tem chamado a atenção da comunidade internacional, especialmente pelo seu histórico de boas relações com o Brasil. Essa nomeação promete fortalecer ainda mais os laços diplomáticos e comerciais entre os dois países, que já vinham sendo cultivados ao longo dos últimos anos. O novo chanceler iraniano, Ali Bagheri Kani, possui uma trajetória marcada por negociações bem-sucedidas com o Brasil. Este diplomata esteve à frente de diversas discussões bilaterais, que resultaram em avanços significativos no comércio entre as duas nações. Em 2023, por exemplo, houve um aumento considerável nas exportações brasileiras para o Irã, especialmente no setor agropecuário, com destaque para a soja e carne bovina. Esse incremento é resultado direto das negoc...
A morte do presidente do Irã e a estabilidade regional e global
Irã, Oriente Médio

A morte do presidente do Irã e a estabilidade regional e global

A morte de um presidente pode ser um evento profundamente transformador, especialmente em um país com a importância geopolítica do Irã. A morte do presidente iraniano tem implicações complexas tanto para a estabilidade regional quanto para a global. Para entender essas implicações, é crucial analisar as reações de diferentes partes do mundo, incluindo a China, o Japão, a Índia, a África do Sul e o Brasil. No contexto regional, o Irã é uma potência significativa no Oriente Médio, com influência política, militar e religiosa substancial. A morte do presidente pode gerar uma lacuna de poder temporária, potencialmente criando instabilidade interna. Os grupos de oposição e as forças políticas internas podem se aproveitar dessa transição para aumentar sua influência, levando a possíveis ...
Reforma da ONU: entre a necessidade de modernização e a busca pela hegemonia
Américas, Brasil, Europa, Israel, ONU, Organizações Internacionais, Oriente Médio, Palestina, Rússia, Ucrânia

Reforma da ONU: entre a necessidade de modernização e a busca pela hegemonia

A Organização das Nações Unidas (ONU), criada no rescaldo da Segunda Guerra Mundial, tem sido um marco na cooperação internacional e na busca por paz e segurança globais. Contudo, o mundo mudou drasticamente desde 1945, apresentando novos desafios geopolíticos, econômicos e ambientais. Diante dessas transformações, surge um clamor crescente pela reforma das instituições e mecanismos da ONU, visando uma adequação às novas realidades mundiais. A reforma é necessária não apenas para tornar a organização mais representativa e eficaz, mas também para garantir que possa enfrentar questões contemporâneas complexas, desde conflitos regionais até mudanças climáticas. No entanto, o caminho para a reforma é minado por interesses geopolíticos, onde as propostas de países como Estados Unidos e ...
Supremacia monetária: o controle dos EUA e Europa sobre o sistema financeiro global
Américas, Cuba, Estados Unidos, Europa, Irã, Organizações Internacionais, Oriente Médio, Rússia, União Europeia, Venezuela

Supremacia monetária: o controle dos EUA e Europa sobre o sistema financeiro global

A dominância do sistema monetário e financeiro internacional pelos Estados Unidos e pela Europa constitui uma das mais significativas manifestações de poder no cenário mundial contemporâneo. Este artigo explora como essa hegemonia conjunta tem sido empregada como uma arma econômica contra países que desafiam os interesses ocidentais, ilustrando os impactos dessa dinâmica através de exemplos concretos como Cuba, Rússia, Irã e Venezuela. Em Cuba, a prolongada imposição de sanções pelos EUA, com apoio tácito de aliados europeus, sublinha a capacidade do Ocidente de isolar economicamente um país. O embargo, reforçado por medidas financeiras internacionais, não apenas restringe severamente a economia cubana, mas também sua habilidade de operar dentro do sistema financeiro global, eviden...
Perspectivas entrelaçadas: Israel, Palestina e o papel do Brasil
Américas, Brasil, Israel, Oriente Médio, Palestina

Perspectivas entrelaçadas: Israel, Palestina e o papel do Brasil

O conflito entre Israel e Palestina, uma das disputas geopolíticas mais arraigadas e complexas da história moderna, continua a ser um foco de instabilidade na região do Oriente Médio. Este artigo visa analisar as nuances deste conflito, incorporando a posição do Brasil e avaliando as implicações dessa postura para o país e para a dinâmica regional. A questão israelo-palestina tem suas raízes no início do século XX, com a criação do Estado de Israel em 1948, aprovada pela ONU, que desencadeou deslocamentos massivos e disputas territoriais. Esse cenário deu origem a uma série de conflitos e intifadas, moldando a paisagem política do Oriente Médio e gerando repercussões globais. Atualmente, o impacto do conflito ultrapassa as fronteiras de Israel e Palestina, afetando diretamente p...
A Guerra entre Israel e Palestina: interesses brasileiros e a importância do conflito para o Brasil
Américas, Brasil, Israel, Oriente Médio, Palestina

A Guerra entre Israel e Palestina: interesses brasileiros e a importância do conflito para o Brasil

A longa e complexa disputa entre Israel e Palestina é um dos conflitos mais duradouros e polarizadores do mundo contemporâneo. Embora geograficamente distante, o Brasil tem razões significativas para acompanhar de perto os desdobramentos dessa questão. Neste artigo, abordaremos os interesses brasileiros na região e por que o futuro deste conflito é relevante para o Brasil, sem tomar partido de nenhum dos lados envolvidos. 1. Relações Comerciais e Econômicas O Oriente Médio, onde o conflito se desenrola, é uma região rica em recursos naturais, especialmente petróleo e gás. O Brasil, ao longo dos anos, estabeleceu relações comerciais significativas com vários países da região. A estabilidade no Oriente Médio é crucial para garantir a continuidade dessas relações e evitar flutuaçõe...
Consequências Globais do Conflito entre Israel e Palestina: Impactos Econômicos e a Estabilidade Mundial
Américas, Ásia, China, Estados Unidos, Europa, Israel, Oriente Médio, Palestina, Rússia

Consequências Globais do Conflito entre Israel e Palestina: Impactos Econômicos e a Estabilidade Mundial

O conflito entre Israel e Palestina, que perdura por décadas, é uma questão que transcende as fronteiras regionais. Suas ramificações têm o potencial de reconfigurar a ordem mundial, tanto econômica quanto política. Vamos aprofundar nossa análise sobre as possíveis repercussões desse conflito no cenário internacional. 1. Impactos Econômicos Flutuação dos Preços do Petróleo: Detalhamento: O Oriente Médio é responsável por uma parcela significativa da produção mundial de petróleo. Qualquer instabilidade pode interromper o fornecimento, levando a um aumento súbito nos preços. Repercussão Global: Economias que dependem fortemente de importações de petróleo, como a União Europeia e a Índia, podem enfrentar crises energéticas e inflação. Além disso, países exportadores, como a Rú...
O Islã, o Irã, o Curdistão e o Hijab
Irã, Oriente Médio

O Islã, o Irã, o Curdistão e o Hijab

Policiais mulheres da República Islâmica do Irã - Foto Wikimedia Commons “Surata 24: 30 – Dize aos crentes que recatem os seus olhares e conservem os seus pudores, porque isso é mais benéfico para eles: Allah está bem inteirado de tudo quanto fazem;24:31 – Dize às fiéis que recatem os seus olhares, conservem os seus pudores e não mostrem os seus atrativos, além dos que (normalmente) aparecem; que cubram o colo com seus véus e não mostrem os seus atrativos, a não ser aos seus esposos, seus pais, seus sogros, seus filhos, seus enteados, seus irmãos, seus sobrinhos, às mulheres suas servas, seus criados isentas das necessidades sexuais, ou às crianças que não discernem a nudez das mulheres; que não agitem os seus pés, para que não chamem à atenção sobre seus atrativos ocultos. Ó fiéis, vo...
<a></a><a></a>A fragilidade da democracia turca: o caso de Osman Kavala
Oriente Médio, Turquia

A fragilidade da democracia turca: o caso de Osman Kavala

RK/dpa/rtr Artigo elaborado por Karen Laura Feliciano e Laura Araújo Cariolin A Turquia é um país que possui imensa vulnerabilidade em sua democracia. Seu presidente é o conservador religioso Recep Tayyip Erdogan, que já está no poder há mais de 15 anos, desde 2003, após a formação do partido islamita AKP. Erdogan passou de primeiro-ministro da Turquia para presidente em 2014, após realizar uma mudança no sistema de governo. Indignado com a situação da democracia no país, surge a figura de Osmar Kavala, um ativista de 64 anos, que recentemente foi acusado de ligações com os protestos de Gezi de 2013 e a tentativa de golpe de 2016, ambos considerados por Erdogan como parte de uma conspiração internacional para derrubá-lo. Nesse sentido, Kavala foi condenado em abril de 2022 por tenta...