ISSN 2674-8053

Organizações Internacionais

Acordo Mercosul-União Europeia: entraves e protecionismos
Américas, Brasil, Organizações Internacionais, União Europeia

Acordo Mercosul-União Europeia: entraves e protecionismos

O longo caminho para a ratificação do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia tem sido marcado por obstáculos e controvérsias, especialmente do lado europeu. Este artigo visa explorar os desafios enfrentados, focando nas preocupações europeias e no emergente protecionismo que está moldando a política comercial do bloco. A União Europeia tem enfrentado críticas internas e externas pela sua postura em relação ao acordo. Grupos ambientalistas e agricultores têm exercido pressão significativa sobre os governos europeus, argumentando que o acordo poderia ter impactos negativos sobre o meio ambiente e sobre a produção agrícola local. A preocupação com o desmatamento na Amazônia e o cumprimento dos padrões ambientais pelo Brasil tem sido um ponto chave nesse debate. Fontes co...
Imposto verde: a jogada da Alemanha para vantagens competitivas na UE e impactos no Sul Global
Alemanha, Europa, Organizações Internacionais, União Europeia

Imposto verde: a jogada da Alemanha para vantagens competitivas na UE e impactos no Sul Global

A recente adoção do imposto verde pela Alemanha, um movimento estratégico para ganhar vantagens competitivas dentro da União Europeia (UE), ilustra a complexidade e as contradições em suas relações com outros membros do bloco e com o Sul Global. Este artigo explora como essa política ambiental alemã afeta não apenas o equilíbrio interno da UE, mas também sua dinâmica com países em desenvolvimento. A Alemanha, uma força econômica na UE, tem historicamente exercido uma influência significativa sobre as políticas do bloco. A introdução do imposto verde, parte de um esforço mais amplo para combater as mudanças climáticas, coloca a Alemanha em uma posição única, potencialmente vantajosa em termos de competitividade econômica. Esta política é projetada para incentivar práticas sustentáve...
“Acordo Mercosul-UE em encruzilhada: diplomacia, comércio e sustentabilidade
Américas, Argentina, Brasil, Europa, França, Mercosul, Organizações Internacionais, União Europeia

“Acordo Mercosul-UE em encruzilhada: diplomacia, comércio e sustentabilidade

O acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, embora tenha sido firmado em 2019, ainda enfrenta desafios significativos para sua implementação. Este acordo, que abarcaria 32 países e criaria o maior bloco de livre comércio do mundo, com um PIB combinado de cerca de US$ 20 trilhões, encontra-se em um delicado estágio de negociações e revisões. Um dos principais entraves ao progresso do acordo é a questão ambiental. A França, liderada pelo presidente Emmanuel Macron, tem sido uma voz crítica, enfatizando a necessidade de garantias robustas relacionadas ao cumprimento do Acordo de Paris sobre mudanças climáticas. Macron, recentemente, descreveu o acordo Mercosul-UE como antiquado e contraditório às políticas ambientais, tanto da França quanto do Brasil. Esta postura reflete ...
Reservas mundiais de água: o desafio entre a solução e a dominação
Américas, Ásia, Canadá, China, Estados Unidos, Organizações Internacionais, União Europeia

Reservas mundiais de água: o desafio entre a solução e a dominação

A gestão adequada dos recursos hídricos é um desafio global devido à crescente escassez de água em muitas regiões do mundo. Em um esforço para abordar essa questão crítica, alguns países como Canadá, China, Estados Unidos e os membros da União Europeia têm buscado criar regras supranacionais para a gestão das reservas de água. A criação de regras supranacionais é entendida como uma estratégia para enfrentar a questão na medida em que permite: Cooperação internacional: A água é um recurso transfronteiriço, e muitas bacias hidrográficas se estendem por múltiplos países. A criação de regras supranacionais visa promover a cooperação entre nações para enfrentar desafios comuns na gestão das reservas de água, como a escassez, a poluição e a distribuição equitativa dos recursos hídri...
Segurança alimentar, um problema de saúde… mas também de geopolítica
Europa, ONU, Organizações Internacionais, Rússia

Segurança alimentar, um problema de saúde… mas também de geopolítica

O relatório Estado da Segurança Alimentar e da Nutrição no Mundo, lançado por 5 agências da ONU indica que 735 milhões de pessoas passaram fome no mundo em 2022. A fome é um dos problemas mais urgentes e devastadores enfrentados pela humanidade, e infelizmente persiste em muitas partes do mundo. Enquanto a falta de acesso a alimentos é multifacetada e complexa, existem certos fatores que têm um impacto significativo na segurança alimentar global. Dois desses fatores são as sanções à Rússia e a questão dos fertilizantes. As sanções econômicas impostas à Rússia por várias nações têm um efeito direto na disponibilidade e acessibilidade de alimentos para a população russa. Essas medidas restritivas geralmente visam punir ou pressionar governos ou indivíduos envolvidos em atividades...
Por uma integração sul americana
Américas, Argentina, Brasil, Chile, OEA, Paraguai, Uruguai

Por uma integração sul americana

Os líderes dos países sul-americanos estiveram em Brasília para uma reunião convocada pelo governo brasileiro. A cooperação e a integração regionais foram os assuntos discutidos. O documento divulgado após o encontro, de nove parágrafos, anuncia apenas uma decisão: a de estabelecer um grupo de contato, liderado pelos chanceleres, para avaliação das experiências dos mecanismos sul-americanos de integração e a elaboração de um “mapa do caminho” para a integração da América do Sul. A necessidade de integração sul-americana está muito longe de ser uma questão nova. Aliás, o próprio nome dessa porção da Terra, “América do Sul”, já advém de uma tentativa de superar conceitos impostos de fora para dentro da região, como os norte-americanos “Hemisfério Ocidental”, ou “pan-americanismo”, in...
A importância da reforma do Conselho de Segurança da ONU: ampliação de membros e poder de veto
Américas, Brasil, ONU, Organizações Internacionais, Temas Globais

A importância da reforma do Conselho de Segurança da ONU: ampliação de membros e poder de veto

O Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) desempenha um papel crucial na manutenção da paz e segurança internacionais. No entanto, muitos argumentam que sua estrutura atual não reflete a realidade geopolítica contemporânea e não atende às demandas globais emergentes. Nesse contexto, torna-se crucial discutir e implementar uma reforma do Conselho de Segurança da ONU que não apenas amplie o número de membros, mas também garanta a esses novos membros poder de veto. Esta abordagem holística é necessária para garantir a representatividade e a eficácia deste órgão internacional. Ampliação de membros: Uma reforma do Conselho de Segurança da ONU que envolva a ampliação do número de membros é fundamental para refletir a realidade geopolítica atual. O conselho foi estabelecido em 1945...
A necessidade de neutralidade das organizações internacionais
Organizações Internacionais

A necessidade de neutralidade das organizações internacionais

O caso do Novo Banco de Desenvolvimento O Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) foi criado em 2014 por cinco economias emergentes, Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, com o objetivo de financiar projetos de desenvolvimento e infraestrutura em países membros. Ele é o primeiro banco global desse tipo criado por economias emergentes e busca aumentar a cooperação financeira e o investimento entre as nações membros. A gestão do NBD é dividida igualmente entre seus membros fundadores, que cada um detém 20% da instituição. O banco se concentra em opções de financiamento alternativas às instituições como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Desde sua criação, o NBD aprovou diversos projetos de infraestrutura em países membros, com foco em transportes e energia a...
A ordem econômica global: desafios para uma maior democratização
FMI, Organizações Internacionais

A ordem econômica global: desafios para uma maior democratização

A ordem econômica global atual foi estruturada após o fim da II Guerra Mundial. Nessa época foram criadas importantes organizações internacionais que perduram até os dias de hoje. É importante entendermos seu papel pois elas acabam impactando nos países. Dentre as principais organizações, o Fundo Monetário Internacional (FMI) é um dos mais impactantes na América Latina. O papel do FMI O Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma organização internacional criada em 1944, com o objetivo de promover a cooperação monetária internacional, facilitar o comércio internacional, promover a estabilidade cambial e ajudar os países membros em situações de crise econômica. O papel principal do FMI é fornecer empréstimos e assistência técnica para ajudar os países membros a superarem crises ...
Cibersegurança: um problema global, uma solução global
Américas, Brasil, ONU, Organizações Internacionais

Cibersegurança: um problema global, uma solução global

Cibersegurança, também conhecida como segurança da informação, é o conjunto de medidas e práticas que visam proteger os sistemas, dispositivos, redes e dados digitais contra ataques cibernéticos, roubo de informações, danos ou comprometimento. A cibersegurança é um campo em constante evolução devido ao aumento constante das ameaças e vulnerabilidades cibernéticas, e é essencial para empresas, organizações e indivíduos que desejam proteger seus dados e ativos digitais. Cibersegurança como um problema internacional A cibersegurança é tratada internacionalmente como uma questão crítica de segurança nacional, privacidade e proteção de dados, e comércio global. A segurança cibernética é uma preocupação crescente para governos, empresas e organizações em todo o mundo, uma vez que a...