ISSN 2674-8053

Américas

A Europa desperta: a ameaça de Trump e o renascimento da Defesa europeia
Américas, Estados Unidos, Europa, Organizações Internacionais, OTAN, Rússia

A Europa desperta: a ameaça de Trump e o renascimento da Defesa europeia

O ex-presidente e virtual candidato à presidência pelo Partido Republicano nas próximas eleições dos Estados Unidos, Donald Trump, provocou uma onda de choque política entre os aliados europeus da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Em um discurso de campanha, Trump declarou ter advertido o líder de “um importante país europeu” que, caso falhasse no pagamento de suas obrigações financeiras para com a Aliança, ele, na qualidade de presidente dos EUA, recusaria defender o país europeu contra uma potencial invasão russa. Trump inclusive sugeriu que, nesse caso, poderia incentivar a Rússia a “fazer o que bem entendesse”. Ao mencionar o descumprimento das obrigações financeiras, Trump se refere à diretriz da Aliança, criada em uma reunião de cúpula realizada no País de Gal...
Influência chinesa na Nicarágua: uma parceria em expansão
Américas, Ásia, China, Nicarágua

Influência chinesa na Nicarágua: uma parceria em expansão

Nos últimos anos, a relação entre a Nicarágua e a China tem se intensificado, marcando uma era de investimentos significativos e uma influência crescente da nação asiática no país centro-americano. Esta parceria estratégica abrange diversos setores, desde infraestrutura até tecnologia, e tem implicações geopolíticas e econômicas que merecem uma análise detalhada. Um dos projetos mais ambiciosos e discutidos é o plano de construção de um canal interoceânico na Nicarágua, financiado por capitais chineses. Apesar dos desafios e das críticas relacionadas aos impactos ambientais e sociais, este projeto, liderado pela empresa chinesa HKND Group, promete transformar significativamente a economia e a infraestrutura do país. Além disso, ele representa um ponto de interesse estratégico para ...
Acordo Mercosul-União Europeia: entraves e protecionismos
Américas, Brasil, Organizações Internacionais, União Europeia

Acordo Mercosul-União Europeia: entraves e protecionismos

O longo caminho para a ratificação do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia tem sido marcado por obstáculos e controvérsias, especialmente do lado europeu. Este artigo visa explorar os desafios enfrentados, focando nas preocupações europeias e no emergente protecionismo que está moldando a política comercial do bloco. A União Europeia tem enfrentado críticas internas e externas pela sua postura em relação ao acordo. Grupos ambientalistas e agricultores têm exercido pressão significativa sobre os governos europeus, argumentando que o acordo poderia ter impactos negativos sobre o meio ambiente e sobre a produção agrícola local. A preocupação com o desmatamento na Amazônia e o cumprimento dos padrões ambientais pelo Brasil tem sido um ponto chave nesse debate. Fontes co...
Novos rumos para a política externa brasileira: o desafio de superar o neocolonialismo e propor modelos inovadores de desenvolvimento
Américas, Brasil

Novos rumos para a política externa brasileira: o desafio de superar o neocolonialismo e propor modelos inovadores de desenvolvimento

O Brasil, uma potência emergente com crescente influência global, enfrenta o desafio de redefinir sua política externa. Essa necessidade torna-se ainda mais premente diante das tendências neocoloniais ainda presentes nas relações internacionais e da urgência em propor novos modelos de desenvolvimento, especialmente no contexto do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e do Sul Global. O neocolonialismo, caracterizado pela influência ou controle indireto de nações poderosas sobre outras, mais fracas, especialmente em termos econômicos e políticos, continua a ser uma realidade preocupante. Observa-se, frequentemente, como as nações desenvolvidas exercem seu poder, moldando políticas e mercados em países emergentes e em desenvolvimento. O Brasil, portanto, tem a oportuni...
Contradições americanas e o futuro eleitoral
Américas, Estados Unidos

Contradições americanas e o futuro eleitoral

O atual panorama político e social dos Estados Unidos é um terreno fértil para análises profundas, especialmente à luz das próximas eleições. Este artigo visa explorar as contraditórias dinâmicas internas dos EUA, bem como examinar os possíveis impactos dessas contradições nas eleições, sem esquecer de considerar as fragilidades do sistema eleitoral americano. Comecemos com a polarização política, um fenômeno amplamente reconhecido e debatido em veículos internacionais. A divisão entre democratas e republicanos, acentuada nas últimas décadas, reflete-se não apenas nas agendas políticas, mas também nas realidades sociais e culturais do país. Esta polarização tem implicações diretas nas eleições, influenciando desde a escolha dos candidatos até as estratégias de campanha. A questã...
Ártico: oportunidades e desafios
Américas, Brasil, Europa, Rússia

Ártico: oportunidades e desafios

O Ártico, uma região de crescente importância geopolítica e econômica, tem despertado o interesse global, inclusive do Brasil. A adesão do Brasil a projetos russos na região, como a Rota Comercial Marítima do Norte e o Projeto Artic LNG 2, pode ser um passo estratégico significativo, gerando oportunidades e desafios únicos. A Rota Comercial Marítima do Norte, que liga o Atlântico ao Pacífico através das águas árticas russas, oferece um caminho mais curto e econômico para o comércio global, especialmente entre a Ásia e a Europa. Para o Brasil, esta rota poderia significar uma alternativa mais eficiente para o escoamento de commodities, especialmente para mercados asiáticos. Segundo análises de instituições internacionais, o tempo de trânsito poderia ser reduzido em até 40%, comparad...
Ciberespaço: o novo campo de batalha na guerra da Ucrânia
Américas, Estados Unidos, Europa, Ucrânia

Ciberespaço: o novo campo de batalha na guerra da Ucrânia

A era digital trouxe consigo uma nova dimensão de confrontos, o ciberespaço, transformando-o em um campo de batalha invisível, mas com repercussões palpáveis. A atual crise na Ucrânia ilustra essa realidade, destacando o papel crescente de grupos hackers e o envolvimento de grandes potências, em particular, os Estados Unidos, na militarização dessa nova fronteira. Este artigo busca desvendar como a guerra na Ucrânia está servindo de palco para um jogo de xadrez cibernético, onde os EUA estão, segundo algumas análises, utilizando o conflito para expandir seu controle e influência. A participação de grupos hackers em conflitos modernos não é um fenômeno novo, mas a escala e a complexidade das operações têm aumentado significativamente. Organizações como o Anonymous já declararam envo...
Poluição e responsabilidade: uma análise dos desafios ambientais dos EUA e Brasil
Américas, Brasil, Estados Unidos

Poluição e responsabilidade: uma análise dos desafios ambientais dos EUA e Brasil

A questão da responsabilidade ambiental no cenário global tem sido um tema de intenso debate. Enquanto os Estados Unidos figuram como um dos maiores poluidores do mundo, frequentemente, apontam o dedo para o Brasil em relação ao desmatamento da Amazônia. Este artigo visa explorar essa dinâmica, destacando projetos poluidores notórios nos EUA, como a ConocoPhillips e o Alaskan Oil Project, além do incidente com o Exxon Valdez. Os Estados Unidos, conforme dados do Global Carbon Atlas, são responsáveis por uma parcela significativa das emissões globais de CO2. Em 2019, o país emitiu cerca de 5,1 bilhões de toneladas métricas de CO2, o que representa aproximadamente 15% do total mundial, ficando atrás apenas da China. Em contraste, o Brasil, embora enfrentando críticas pelo desmatament...
Liderança brasileira na América do Sul: desafios e perspectivas atuais
Américas, Argentina, Ásia, Brasil, China, Uruguai, Venezuela

Liderança brasileira na América do Sul: desafios e perspectivas atuais

O Brasil, historicamente reconhecido como uma liderança na América do Sul, enfrenta atualmente desafios significativos em sua política externa, refletindo uma capacidade reduzida de influenciar acontecimentos regionais. Analisando recentes desenvolvimentos, podemos observar como a atual administração brasileira lida com questões complexas envolvendo países vizinhos, como Venezuela, Argentina e Uruguai, cada um apresentando cenários distintos. A relação com a Venezuela, sob o governo de Nicolás Maduro, permanece um ponto crítico. Historicamente, os dois países mantiveram laços fortes, mas as recentes tensões políticas internas na Venezuela e as críticas internacionais ao regime de Maduro impõem desafios à diplomacia brasileira. Apesar de serem aliados ideológicos, a incapacidade do ...
Perspectivas entrelaçadas: Israel, Palestina e o papel do Brasil
Américas, Brasil, Israel, Oriente Médio, Palestina

Perspectivas entrelaçadas: Israel, Palestina e o papel do Brasil

O conflito entre Israel e Palestina, uma das disputas geopolíticas mais arraigadas e complexas da história moderna, continua a ser um foco de instabilidade na região do Oriente Médio. Este artigo visa analisar as nuances deste conflito, incorporando a posição do Brasil e avaliando as implicações dessa postura para o país e para a dinâmica regional. A questão israelo-palestina tem suas raízes no início do século XX, com a criação do Estado de Israel em 1948, aprovada pela ONU, que desencadeou deslocamentos massivos e disputas territoriais. Esse cenário deu origem a uma série de conflitos e intifadas, moldando a paisagem política do Oriente Médio e gerando repercussões globais. Atualmente, o impacto do conflito ultrapassa as fronteiras de Israel e Palestina, afetando diretamente p...